segunda-feira, 31 de agosto de 2020

CONHEÇAM O PARQUE DAS RUÍNAS EM SANTA TERESA.

Olá! Eu sou a Joice Lima, agente de viagem e consultora aqui no blog, e hoje eu vou falar sobre o centro cultural Municipal Parque das Ruínas. Um casarão com uma arquitetura antiga, linda, cheia de história e cultura, e um mirante 360° onde é possível contemplar a beleza da arquitetura carioca e suas paisagens.

Um lugar pouco conhecido entre os próprios cariocas, ótimo para ir com a família, amigos, sozinho, em casal, tanto faz. Tem o mirante, que você pode ficar ali conversando e apreciando a vista da cidade, tem arte e cultura, teatro, música, e de vez em quando rola até um samba. Ficaram curiosos? Então continuem lendo essa publicação, para saberem um breve resumo da história, dicas e como chegar lá. 



O Parque das Ruínas é um centro cultural do município do Rio de Janeiro, localizado no bairro de Santa Teresa.

Dentro do espaço cultural tem programação para toda a família; teatro, galeria de arte, então sempre tem exposições de artes no local.

Do lado de fora, tem um espaço que as vezes rola espetáculos infantis, yoga, tem também um palco que de vez em quando, eles fazem eventos de música, gastronomia, e até samba.

Além disso, o espaço conta com uma vista linda da cidade, dá para ver os Arcos da Lapa e a arquitetura do centro da cidade, o pão de açúcar, a ponte Rio Niterói, etc.


O local possui lanchonete, banheiros, bebedouros, mas eu recomendo vocês levarem suas próprias garrafinhas, eu já frequento o lugar a alguns anos e das vezes em que bebi água, sempre senti um gosto estranho, pode ser que tenha mudado, mas é bom prevenir!

O espaço também é bastante usado como locação fotográfica entre os fotógrafos. Então já fica aí a dica de um espaço legal para fazer ensaio fotográfico no Rio, mas precisa de agendamento.

Como agendar?

Para agendar ensaios fotográficos, basta enviar e-mail para: cultura.parquedasruinas@gmail.com

Leiam também: O que fazer em Santa Teresa? As Melhores Dicas!

HISTÓRIA DO PARQUE DAS RUÍNAS:


O Parque das Ruínas, é um resquício do Palacete Murtinho Nobre, construído entre 1898 e 1902. Casa da Laurinda Santos Lobo, que era herdeira de uma família muito rica e poderosa da época.

Laurinda era considerada uma Mercenas na Bella Époque carioca, ou seja, ela incentivava, protegia e patrocinava a arte, durante o período considerado pelos franceses como Bela época. Laurinda era rica e tinha influencia, gostava de arte e por isso, investiu e abriu as portas de sua mansão para reunir artistas e intelectuais da época como, Villa Lobos e Tarsila do Amaral.

Alguns anos após sua morte, a mansão ficou abandonada, e por ela não ter deixado herdeiros, acabou ficando abandonado, e por consequência disso, acabou virando ruínas, que é de onde surgiu o nome Parque das Ruínas.

Alguns moradores da época, chegaram a contar, que houve invasão dentro da casa, e chegaram até saquear alguns objetos. E só depois de um tempo, em 1997, o poder público revitalizou o lugar, que hoje funciona como um centro cultural, todo voltado pra essa questão artística, mantendo ali a essência do que foi a casa da Laurinda, e assim, continuando como um local de investimento cultural e artístico.

COMO CHEGAR NO PARQUE DAS RUÍNAS:

sexta-feira, 10 de julho de 2020

O QUE FAZER EM SANTA TERESA? AS MELHORES DICAS!

Olá viajantes! Voltei! E hoje eu irei falar sobre o bairro mais charmoso da capital do Rio de Janeiro, Santa Teresa!

Conhecida como “santa”, para os cariocas! Um bairro super boêmio e ao mesmo tempo calmo, no sentido urbano, longe daquele trânsito do Rio, sabe? Quando você chega em Santa Teresa, parece que você fez uma viagem no tempo!

É um bairro super bucólico, lindo, com palacetes e casarões antigos de 1940, uma arquitetura fantástica, paisagens maravilhosas, uma mistura de música, arte, cultura e gastronomia.

Se vocês ainda não conhecem Santa Teresa, ou estão pensando em visitar, não deixem de ler esse artigo. Por que, aqui eu conto um pouco da história, o que fazer, como chegar, e ainda, dou dicas para quem quer conhecer esse bairro encantador.


Santa Teresa é um bairro da zona central do Rio de Janeiro, que fica bem no alto de um serra entre a zona central e zona sul, com um vista de tirar o folego! Tem uma localização privilegiada da cidade, dá pra ir a pé para o centro do Rio de Janeiro e fica próximo dos principais bairros turísticos do Rio de Janeiro.

Um bairro artístico, super colorido, cheio de arte, cultura, ateliês, e muitos dos artistas, abrem suas casas nos proporcionando uma imersão cultural muito bacana.

O lugar também tem várias cafeterias, bares, restaurantes, e até castelo (Castelo do Valentim), além do tradicional cinema do bairro, chamado Cine Santa Teresa. É conhecida principalmente pelo seu tradicional bonde, que carinhosamente, chamamos de bondinho de Santa Teresa, o único bairro inclusive, que manteve o bonde como meio de transporte até hoje.

Explorem Santa Teresa com a melhor fotografa do Rio de Janeiro.

BREVE HISTÓRIA:

O nome do bairro, surgiu por causa do Convento de Santa Teresa no séc XVIII e, inicialmente era habitado pela classe alta da época, e seus casarões e mansões, foram inspirados na arquitetura francesa.

Em 1896, o famoso bonde de Santa Teresa, iniciou o funcionamento, ligando os bairros da Lapa e Santa Teresa, através do aqueduto da carioca, mas conhecido como Arcos da Lapa.

Com o passar dos anos, “perdeu” seu status de bairro nobre, mas passou a ser de interesse turístico, por causa da história, cultura, facilidade logística, e também por manter o tradicional bonde.

O QUE FAZER EM SANTA TERESA?

FAÇAM O TRADICIONAL PASSEIO DE BONDINHO;



O ingresso do bonde custa 20,00 ida e volta. Estudantes de redes públicas uniformizados não pagam, bem como maiores de 65 anos e moradores de Santa Teresa.

A estação do bonde, fica na rua Lélio Gama, 2, centro – Rio de Janeiro – RJ. E abre de segunda à sexta 08h ás 17h40, sábados de 10h ás 17h40, domingos e feriados 11h ás 16h40.

EXPLOREM O BAIRRO E OS ATELIÊS;

O bairro é lindo, vale à pena explorar, mas tenham cuidado para não saírem da rota turística sem conhecer. Vou deixar um mapinha que eu peguei no site oficial do Bonde de Santa Teresa para vocês se guiarem.

Foto do site oficial do Bonde.


A primeira parada
, é no Largo do Curvelo; é dali que vocês irão se deslocar para o Parque das Ruínas e Museu Chácara do céu (5 minutos a pé e bem sinalizado). É dali, também que podemos nos deslocar para a Escadaria Selarón, mas eu não recomendo irem a pé até a escadaria, somente no Parque das Ruínas e no Museu, a menos que estejam em grupo, mas tenham atenção.

Não é um bicho de 7 cabeças, eu mesmo já fui a pé sozinha várias vezes, mas eu conheço né, e por isso, se você não conhece, não vá sozinho! É melhor ir pela Lapa mesmo.

A segunda parada, é no Largo dos Guimarães; que é basicamente o centrinho de Santa Teresa. Dali vocês vão fazer o passeio todo praticamente a pé. E sim, parece cansativo, eu sei, mas não é! Do Largo dos Guimarães até as lojinhas, ateliês, cinema e bares, levam entre 1 a 5 minutos a pé, o cinema por exemplo, e alguns ateliês são em frente. Ali vocês podem caminhar tranquilo, pois é seguro e muito movimentado, mas tenham sempre atenção, como em qualquer outro lugar do mundo.

Foto Google imagens

Os ateliês são galerias de artes dos artistas locais do bairro, e ficam a 2 á 5 minutos á pé da estação do Largo dos Guimarães, todos na rua: Almirante Alexandrino. São eles; o ateliê Zambê (n° 402), o La vereda (n° 428) , o Camayoc Huasi do artista Domingos Cardoso (n° 342) e o ateliê Gamar (n° 470). Os que eu mais gostei, foram o La vereda e o Camayoc Huasisuper recomendo!

E tem também, o ateliê Chamego Bonzolândia, que fica no meio da rua (n° 1029) e, é muito conhecido. Fica próximo a entrada do Mirante do Rato molhado e  pertence ao sr. Getúlio e seu filho Victor. As obras são feitas de materiais recicláveis, e a obra mais tradicional, é o mini bonde de Santa Teresa. 

Tem muitos outros ateliês em Santa Teresa, a maioria são dentro das próprias casas dos artistas. E uma vez por ano, acontece um evento chamado “Arte de Portas Abertas” no bairro. Um evento gratuito, que leva o visitante a ter uma experiência única com o trabalho dos artistas.

Como funciona e quando acontece?

Vários ateliês do bairro abrem suas portas para uma imersão cultural entre o artista e os amantes da arte. Em algumas ruas, artistas expõem seus trabalhos nas calçadas, é muito bacana!

Este ano não teve, e provavelmente não vai ter, em função da pandemia, mas para quem está pensando em vir no ano que vem (2021), acompanhem a página do evento no facebook ARTE DE PORTAS ABERTAS.

CONHEÇAM O CINE SANTA TERESA;

O charmoso e aconchegante Cine de Santa Teresa, fica em frente a estação do Largo dos Guimarães, foi inaugurado em 2003 com a exibição do filme “Deus é brasileiro”.

O espaço é rústico, pequeno e bem antigo, nos remete a sensação de estar no interior, sabe? É uma experiência muito boa, e que lembra o passado. Todas as segundas, existe uma promoção de 50% no Cine para todas as pessoas.

CONHEÇAM O PARQUE DAS RUÍNAS;


O parque das Ruínas está a 5 minutos a pé da estação Largo do Curvelo.

Leiam também: Conheçam o Parque das Ruínas em Santa Teresa.

VISITEM O MUSEU CHACARÁ DO CÉU;


O museu chácara do céu fica ao lado do Parque das Ruínas e pode ser acessado por dentro do Parque das Ruínas por serem integrados.

Leiam também: visitem o museu chácara do céu.

VISITEM A ESCADARIA SELARÓN;



A Escadaria Selarón está a 10 minutos de Santa Teresa.

Leiam também: Escadaria Selarón, um lugar cheio de arte e cores.

TIREM FOTOS NOS ARCOS DA LAPA E CURTAM UM BY NIGHT;

Foto Google imagens


A Lapa está a 10 minutos de Santa Teresa e 5 minutos da Escadaria Selarón.

Leiam também: O que fazer na Lapa ? onde comer e se hospedar?

ASSISTAM O PÔR DO SOL NO MIRANTE DONA MARTA;



O Mirante Dona Marta, tem uma das vistas mais bonitas do Rio de janeiro, e fica há 16 minutos de carro de Santa Teresa, e vocês podem usar o Uber pra chegar até lá, e aproveitar o fim de tarde assistindo um belíssimo pôr do sol.

Leiam também: Como chegar no Mirante Dona Marta.

MIRANTE DO RATO MOLHADO;

Foto Google imagens

O mirante do Rato Molhado fica á 10 minutos a pé do Largo dos Guimarães, onde é possível observar a paisagem do Rio. É bonito? É! Mas eu particularmente, não acho que vale á pena ir até lá, por que é quase a mesma vista que vocês já vão ver de outros pontos em Santa Teresa. Eu recomendo apenas se vocês tiverem com tempo. Agora se a viagem for curta, acho que vale vocês otimizarem o tempo de vocês com outras atrações mais diferentes, só por isso!

COMO CHEGAR EM SANTA TERESA:

Metrô + bonde de Santa Teresa;

Sem dúvidas o melhor meio de transporte para chegar até Santa Teresa é o metrô até a estação da Carioca, de lá, dá para ir a pé (6 minutos) até a Rua Lélio Gama, onde fica a estação do bonde de Santa Teresa.



Para quem não quer subir de bondinho;

A estação mais próxima, é a Cinelândia, principalmente para quem vem pela Zona Sul da cidade. Daí, é só vocês seguirem em direção a Escadaria Selarón, para iniciarem o roteiro por lá, são 10 minutos a pé, da estação da Cinelândia pra até a escadaria, mas só façam isso, se estiverem em grupo e muito cuidado! Eu já fui até sozinha por esse caminho, para não precisar gastar com bonde e foi muito de boa, mas há relatos de assalto na rua do final da Escadaria Selarón, e eu como agente de viagem, não posso deixar de alertar sobre isso!


Aeroporto Santos Dumont;

Do Santos Dumont, vocês podem pegar um uber até a estação do bonde de Santa Teresa, que levam uns 11 minutos de carro.

Aeroporto do Galeão (na ilha);

Do Galeão até o centro da cidade, onde fica a estação do bonde, levam 25 minutos de carro, mas dependendo do dia e horário, vocês poderão enfrentar muito engarrafamento e perder parte da viagem no transito. Então, a melhor opção, é pegar o BRT + Metrô.

Como funciona?

No aeroporto do Galeão, existem duas estações de BRT:

Estação Galeão Tom Jobim 1 (que fica na porta H do desembarque do terminal 1) e a estação Galeão Tom Jobim 2 ( que fica na porta D do desembarque do terminal 2).

Depois que vocês  pegarem o BRT, será necessário fazer a integração com metrô, na estação Vicente de Carvalho, até a estação da Cinelândia,  dali até a escadaria, são 8 minutos a pé ou você pode ir pela estação da carioca também, e fiquem tranquilos, por ali, é super de boa e movimentado.

Ônibus;

De ônibus, vocês podem optar em pegar pelas linhas 006007 ou 014. Clicando em cima de qualquer umas das linhas de ônibus, vocês serão direcionados ao Moovit, para saber os itinerários, horários e paradas.

Leiam também: onde comer em Santa Teresa?

Leiam também: onde se hospedar em Santa Teresa?

DICAS E INFORMAÇÕES UTEIS:

Usem roupas e sapatos confortáveis, levem uma garrafinha de água e protetor solar em dias de sol.

Na estação do Largo do Curvelo é possível vocês pegaram gratuitamente um mapinha da cidade do Rio de janeiro.

O bairro é muito bem sinalizado e as atrações que eu sugeri no artigo são bem próximas uma das outras, e da pra fazer tudo a pé, de boa! O bairro é tranquilo, apesar dos rumores de assaltos. Vocês só precisam ter atenção, como em qualquer lugar! Então evitem sair muito da rota que vocês não conhecem e fiquem atentos!

Em função da pandemia, alguns lugares ainda estão fechados, e aos poucos reabrindo, em nosso novo normal, mas acredito que até o final desse mês (julho 2020) reabram o restante. Então tenham cuidado, usem mascara e álcool gel e respeitem as instruções de saúde.

Eu preparei essa publicação com muito carinho e dedicação, espero ter ajudado vocês! Me contem nos comentários, o que vocês acharam do bairro? Se vocês já foram, qual lugar mais gostaram de visitar? Se achou que faltou alguma coisa, compartilhem ai conosco nos comentários.

Explorem Santa Teresa com a melhor fotografa do Rio de Janeiro.

Beijos, até a próxima!



Texto:  Agente  de viagem Joice Lima, equipe Rotina Trip./ Imagens autorais e algumas do Google imagens (especificadas em cada foto). 




quarta-feira, 12 de fevereiro de 2020

ESCADARIA SELARÓN, UM LUGAR CHEIO DE ARTE E CORES.

Olá viajantes! Eu sou a Joice Lima, sou fotografa e agente de viagem, aqui no Rio de Janeiro. E o trabalho do agente de viagens, para quem não sabe, vai muito além da venda de pacotes de viagens!

Além de planejar, organizar e providenciar todos os itens da cadeia produtiva do turismo, também é responsabilidade do agente de viagem, prestar o serviço de consultoria. E por isso, há um tempo atrás eu criei o blog, com objetivo de que ele funcione como um guia turístico digital e gratuito. E eu sei que tem gente que me acompanha nas redes sociais de outros estados, além dos turistas que eu recebo, por causa dos tours fotográficos, e eles sempre me pedem informações sobre o turismo aqui no Rio de Janeiro.

Hoje vou começar falando sobre um dos pontos turísticos mais visitados aqui no Rio. Então nesse artigo, vocês vão saber sobre a história, dicas do lugar, como chegar lá, o que tem de legal por perto, onde comer, onde se hospedar e todas as dicas uteis que você precisa saber antes de ir.



FOTO AUTORAL 2019


A bela e colorida Escadaria Selarón, é uma obra arquitetônica do artista Chileno Jorge Selarón, um mosaico a céu aberto, que ao meu ver, é uma obra poética, cheia de arte, cores e poesia, que fica entre os bairros da Lapa e Santa Teresa, zona central do Rio de Janeiro.

HISTÓRIA  DA ESCADARIA SELARÓN:

A Escadaria tem 125 metros de comprimento, 215  degraus e, é coberta por mais de 2 mil azulejos, que inicialmente eram retirados de resíduos de lixo urbano, mas com o tempo, Selarón começou a receber doações de azulejos de vários lugares do mundo, pra completar sua arte. Dos 2 mil azulejos, 300 foram pintados á mão, sempre retratando uma grávida africana, no qual ele dizia ser um problema pessoal do passado dele.

Jorge Selarón era chileno, radicado no Brasil desde 1983, mas antes de resolver ficar no Brasil, viajou mais de 50 países como ceramista.

Em 1990, o artista viu a necessidade de fazer manutenção na antiga escada,  que estava em péssimo estado de conservação, suja, mal cuidada, e segundo informações era reduto de usuários de drogas, trafico e até prostituição.

Texto:  Agente  de viagem Joice Lima, equipe Rotina Trip.


domingo, 3 de fevereiro de 2019

ATRASO, CANCELAMENTO, REMARCAÇÃO E REEMBOLSO DE PASSAGEM AÉREA.

 Olá viajantes! Vocês já passaram por alguma situação de atraso ou cancelamento de voo que vocês ficaram sem saber o que fazer?  Já precisaram remarcar ou pedir reembolso, seja por atraso ou cancelamento da companhia aérea ou por opção de vocês?

Nessa publicação, irei abordar sobre atrasos, cancelamentos, remarcação e reembolso. O que fazer, como funciona e quais são seus direitos. Além disso irei falar sobre os cuidados que vocês devem ter, antes do embarque, para não correrem o risco de perderem o voo, por que, isso pode custar muito caro!

pixabay

ATRASOS E CANCELAMENTOS:

Por que ocorrem os atrasos e cancelamentos?

Atrasos e cancelamentos são comuns no mundo todo, e podem ocorrer tanto por parte da companhia aérea quanto por parte do passageiro. E em ambos os casos geram transtornos e custos extras.

É passageiro que acaba perdendo a conexão com o próximo voo por causa dos atrasos das companhias, o horário do check-in no hotel, muitas vezes acabam perdendo até a diária, atrasando os passeios turísticos que foram programados. E isso gera transtorno tanto para o passageiro, quanto as próprias companhias aéreas, uma vez que, se os atrasos e cancelamentos ocorrerem por responsabilidade da companhia, terão que arcar com as despesas extras dos passageiros e dentre outras despesas internas de tripulação.

Os atrasos e cancelamentos, geralmente ocorrem por mudanças climáticas, como; chuvas e tempestades, ventanias, etc. E também, podem ocorrer se algum passageiro ou tripulante passar mal, por desentendimentos na hora do embarque, por conta dos passageiros ou da tripulação, por manutenção não programada do avião ou excesso de trafego aéreo, que é  muito comum em feriados, natal, ano novo, semana santa, etc. E nesses casos, é até uma questão de segurança para os próprios passageiros mesmo.

Os atrasos e cancelamentos, também ocorrem por baixa ocupação dos voos, que é  quando são vendidos menos de 30% dos assentos, gerando custos ás companhias, cujo o lucro não são capazes de suprir os gastos, e aí eles acabam cancelando um voo e realocando os passageiros em outro voo.

Ainda, podem ocorrer por preterição de embarque; nos casos onde eles fazem muitas promoções e aí o avião fica lotado, e por motivos de segurança é preciso esvaziar o voo. E aí, a companhia aérea cancela o voo de um passageiro, que mesmo cumprindo os requisitos de embarque, é impedido de viajar naquele voo, por necessidade de troca de voo.

E ainda, podem ocorrer por bagagem de mão fora do padrão ou demora na fiscalização durante o raio x, caso suspeitem de algo. Quando um passageiro faz check-in e despacha a bagagem e não aparece, e ai esse passageiro precisa ser encontrado, porque essa é uma medida para evitarem cargas suspeitas, pois podem enviar cargas com drogas para outros lugares.

Leia também: Primeira vez no aeroporto. O que fazer? 

QUAIS SÃO OS DIREITOS DOS PASSAGEIROS EM CASO DE VOO ATRASADO OU CANCELADO PELA COMPANHIA AÉREA:

Como vocês viram, há vários motivos cujo os voos podem ser cancelados ou haver atrasos, e isso acaba prejudicando o consumidor. Pensando nisso, a ANAC (órgão que regulamenta a aviação civil brasileira) estabeleceu algumas obrigações:

“As companhias devem informar imediatamente sobre o atraso ou cancelamento ao passageiro, e além disso, as companhias devem informar a previsão de partida dos voos em atraso, a cada 30 minutos no aeroporto.  Prestar assistência material de acordo com tempo de espera, que nada mais é do que serviços extras em caso de atraso ou cancelamento por parte da companhia aérea, onde o passageiro encontra-se no aeroporto aguardando, dentro ou fora da aeronave.

Remarcar o voo, sem custo, para data e horário de sua preferência ou realocar o passageiro para outro voo da mesma empresa ou empresa diferente para mesmo destino, sem custos, se houver disponibilidade de lugar ou prestar reembolso integral, incluindo tarifa de embarque, que nestes casos, a companhia aérea pode suspender a assistência material, caso o passageiro solicite remarcação ou o realocamento, dentro do prazo e o embarque seja imediato.

Á partir de 01h00 de espera por atraso; a companhia deve oferecer serviços de comunicação, como telefone e internet.

Á partir de 02h00 de espera por atraso; oferecer voucher  de alimentação que de acordo com horário, poderá ser almoço, lanche ou jantar.

Á partir de 04h00 ou mais de espera por atraso; oferecer hospedagem (em caso de pernoite no aeroporto) + transporte de ida e volta até o local de hospedagem. Se estiverem no local de domicilio, a empresa poderá oferecer apenas transporte de ida e volta do aeroporto até a residencia e da residencia até o aeroporto.

*Passageiros com necessidades especiais e seus acompanhantes sempre terão direito a hospedagem, independente da exigência de pernoite no aeroporto.

Caso fiquem com um crédito na companhia ao solicitar o reembolso, esse crédito tem validade de 12 meses, ou seja, você terá um ano pra remarcar.” Fonte: SITE ANAC.

Em casos de cancelamento por bug de passagem aérea (erro de preço), que é super comum, o cancelamento da passagem pela companhia aérea, é ilegal e cabe indenização no juizado especial, uma vez que, o erro foi da companhia e não do passageiro. Muita gente deixa pra lá, por isso as companhias aéreas continuam com essa prática ilegal.

Em casos de danos morais e materiais, principalmente se você  tinha que resolver algo de urgência, só tinha aquela data para viajar, seja a trabalho ou lazer, ou perdeu o valor pago de diária em hotel ou passeio, cabe indenização. Mesmo nos casos onde não houve dano material, cabe indenização, se a companhia faltar com o cumprimento de suas obrigações.

DICAS:

Para evitarem esses transtornos de atrasos e cancelamentos, a dica é, tenham preferência ás companhias aéreas que tem maior frota de voos, pois nesses casos, será mais fácil ser realocado de voo. Um dia antes confiram o voo no site das companhias aéreas ou liguem para suas respectivas centrais de atendimento para confirmarem se não houve qualquer mudança em seu voo.

Se a viagem for a trabalho ou compromisso marcado, tentem ir um dia antes.

REMARCAÇÃO PEDIDO PELO PASSAGEIRO:

Se precisarem alterar a data, façam isso com antecedência a data do voo, pois quanto mais em cima da hora, maior a chance da tarifa dos voos aumentarem e vocês terem mais custos com a diferença de tarifa.

Se ocorrer algum imprevisto no caminho até o aeroporto no dia do embarque, tipo engarrafamento ou por outro motivo, que vocês percebam que vão chegar atrasados, liguem para remarcar o horário ou data do voo com pelo menos 01h00 á 02h00 antes em voos domésticos e em voos internacionais de 02h00 á 03h00 antes. Assim, evitará da companhia aérea entender que vocês não compareceram, o famoso no-show, que acontece independentemente se vocês tiverem feito check-in online ou não.

O check-in online não garante nada, se vocês não comparecerem no aeroporto dentro do prazo, com as documentações certinhas, pois eles irão conferir novamente.

E de acordo com ANAC  “os custos da remarcação, serão calculados sobre o valor dos serviços de transporte, e sua variação ocorrerá de acordo com as regras do contrato de transporte da passagem aérea adquirida. As multas cobradas pelas companhias aéreas, não poderão ser maiores que estes valores, mesmo que a passagem aérea seja promocional”.

Leia Também: Como comprar passagem aérea barata.

REEMBOLSO PEDIDO PELO PASSAGEIRO:

Em casos onde é feita alteração de voo pelas companhias aéreas, elas são obrigadas a oferecerem reembolso integral ou remarcação sem custo. Já nos casos onde o passageiro solicita cancelamento, deverá consultar o contrato a respeito das taxas, se a tarifa é reembolsável ou não, e o valor da multa de cancelamento.

Sei que ler contratos é chato, mas é melhor ler, do que ser surpreendido nos casos onde precisem reivindicarem seus direitos. Nem sempre o cliente tem razão, principalmente se ele assinou concordando com o contrato ou clicou lá no botãozinho, li e aceito, que a maioria ignora!

Óbvio, que se for um contrato onde as clausulas sejam abusivas ou ineficazes, ou seja, um contrato unilateral, onde as clausulas protejam apenas uma das partes ou onde o contrato viole alguma lei, aí poderá até reivindicar seus direitos, que alias, em ambos os casos você até pode entrar na justiça, é um direito seu, mas se o contrato for válido e você estiver concordado, não vai dar em nada!

Se o valor da remarcação for igual ou maior que a do reembolso, a dica é solicitar reembolso e comprar um novo bilhete aéreo, assim você pode verificar promoções de passagens em outras companhias ou até mesmo na mesma companhia, isto é, caso a tarifa de seu bilhete seja reembolsável.

Leita Também: Primeira vez no aeroporto. O que fazer?

DÚVIDAS FREQUENTES:

Com certeza, a dúvida mais frequente que recebo, é: se eu desistir, posso vender minha passagem pra alguém ou mudar o nome pra outra pessoa?

Não! Se não poderá voar naquela data o ideal é remarcar a passagem, sendo que há um custo adicional. Caso desistam da viagem, não poderão repassar para outra pessoa, as companhias aéreas não fazem troca de nome, e isso é valido para todas as companhias e tipos de tarifa.

Sobre o direito de arrependimento até 24h00, como funciona?

Você tem até 24h para exercer seu direito de arrependimento, desde que o cancelamento ocorra no prazo de 24h, contando a partir do recebimento do comprovante de reserva, e se aplica somente a cancelamento com antecedência de 7 ou mais dias da data de embarque. Então, se você comprou a passagem para viajar em cima da hora, esqueça!

O direito de arrependimento é um direito potestativo do consumidor e está previsto no artigo 49 do CDC. Se o consumidor exercer esse direito dentro do prazo, os valores pagos deverão ser devolvidos.

Posso antecipar meu voo no mesmo dia?

Sim! A antecipação de voo na mesma data da viagem é oferecida gratuitamente por várias companhias aéreas, se houver disponibilidade. Basta entrar em contado com pelo menos 48h00 de antecedência.

Escrevi meu nome errado na reserva, posso embarcar assim mesmo?

Não! No momento do embarque os documentos são conferidos, e por este motivo, o ideal é você ligar para companhia aérea e informar o erro de digitação e solicitar a correção, que inclusive, é gratuita!

Caso tenham comprado através de agencias de viagem, basta entrar em contato para que elas façam o contato com a companhia aérea.

QUAIS  AS TAXAS COBRADAS PELAS COMPANHIAS AÉREAS: 

Taxa de remarcação; cobrada quando o passageiro deseja alterar a data ou horário do voo.

Taxa de reembolso;  uma multa nos casos de cancelamento por parte do passageiro. Neste caso, é importante verificar em seu contrato se a tarifa é reembolsável, pois em muitos casos, como voos promocionais, a tarifa não é reembolsável.

Taxa de diferença de tarifa; diferença entre o preço pago no voo e o preço que terá que pagar na escolha de um novo voo.

*Na diferença de tarifa, o preço geralmente fica mais caro, ainda mais quando vai ficando próximo a data do voo. Se vocês deixarem para marcar em cima da hora, irão pagar mais caro.

Taxa de No-Show; não comparecimento e perca de voo nos casos onde o passageiro chega atraso no aeroporto ou não comparece para o embarque.

Bom, espero ter ajudado e espero que gostem! Confesso que esse tema foi o que mais me deu trabalho. Tive que estudar bastante, as resoluções da ANAC, liguei para duas companhias aéreas para tirar algumas dúvidas, ainda estudei algumas leis sobre o assunto, por que ainda que eu tenha cursado direito, as leis estão em constante mutação.

Não sou Expert no assunto, embora trabalhe com turismo e tenha estudado direito, mas o que eu não souber, irei sempre buscar auxilio pra tentar trazer um conteúdo diferenciado.

Deixem suas dúvidas nos comentários, me ajudem compartilhando esse post.  Em breve irei postar vídeos sobre o assunto no meu canal do youtube



Texto:  Agente  de viagem Joice Lima, equipe Rotina Trip. 

Imagem: Google imagens