Posts arquivados em Mês: janeiro 2019

29 jan, 2019

Primeira vez no aeroporto. O que fazer?

Vão voar de avião pela primeira vez e ainda não sabem o que fazer no aeroporto?

Sou agente de turismo e preparei um guia completo sobre o que fazer em sua primeira viagem de avião, como funcionam os procedimentos de embarque e desembarque, check-in, despache de bagagem, quais as regras do aeroporto e ANAC, horários, documentação e toda informação necessária para dar suporte aqueles que irão voar de avião pela primeira vez.

Eu sei o quanto isso é confuso pra alguns e principalmente para quem tem medo de voar de avião, mas não se preocupem, pois avião é o meio de transporte mais seguro que existe. Então, não se preocupem que irei dar toda informação necessária para auxiliar vocês nisso, e vocês saberem como procederem em sua primeira vez no aeroporto.

Lembrando que não sou Expert no assunto, embora trabalhe com turismo, então fiquem sempre de olho nas possíveis atualizações de regras das companhias e principalmente da ANAC.

 
 
 

Quando vocês compram passagem aérea, vocês recebem  um bilhete aéreo ou voucher se tiverem comprado em agência. Em ambos vem  o códico do localizador e as informações necessárias do seu voo, e também o nome, e o destino que vocês irão. O número dos voos de ida e volta, de qual aeroporto o avião vai partir, se tem ou não conexão ( que é uma ou mais paradas em algum outro destino/ aeroporto antes de chegar ao destino final).

Se tiver escala, vem dizendo em qual aeroporto é, mostra se será preciso trocar de aeroporto ou somente de voo. Se o voo de ida é no mesmo aeroporto da volta, data e horário de partida e chegada (ida e volta)e para voos com escala, vem no bilhete os horários e tempo de escala.

Leia também: como comprar passagem aérea barata.

Leia também: cuidados na hora de comprar passagens aéreas.

ATENÇÃO: As companhias podem cancelar ou mudar os voos antes da data de embarque, e muitas vezes até por motivos de segurança. A dica é, se vocês compraram a passagem por conta própria, fiquem atentos e confiram entre 7 dias á 24h antes antes do embarque.

A conferencia é feita no site da companhia que vocês reservaram, utilizando o número do localizador (termo técnico popularmente conhecido como código da reserva).

Se compraram através de agencia de turismo, não se preocupem, pois é responsabilidade da agencia verificar e informar ao cliente e resolver junto a companhia aérea.

MARCAÇÃO DE ASSENTO:

Hoje em dia, as companhias aéreas cobram pela marcação de assento. Os valores variam entre 15 á 50 reais dependendo da companhia e tarifa que você pagou, para algumas tarifas como Plus e Top, algumas companhias deixam o serviço disponível gratuitamente, mas calma!

Eu sei que nesse momento você está pensando “que merda, ainda vou ter que paga por assento também?” a maioria das companhias deixam o serviço gratuito para todos, quando faltaram 72h antes do voo, e aí vocês podem marcar gratuitamente, quando faltarem 72 horas antes do voo de ida, e depois 72h para o voo de volta.

A marcação pode ser feita gratuitamente 48 ou 24 horas antes da viagem, junto com check-in online também. ou no checkin do aeroporto, que é o que fazem a maioria das pessoas, vocês só ficarão sujeitos  a escolher os assentos que sobrarem, já que muitas pessoas pagam pra marcar antes desse período.

Para marcar assento online, é necessário, nome igual na reserva e documento de embarque e número do localizador, e é feito no site das companhias aéreas.

DOCUMENTAÇÃO:

Para check-in online, app ou toten, são necessário número do localizador, nome, RG ou CPF. E mesmo assim, eles irão conferir a documentação de vocês no momento de embarque.

Para  check-in no balcão das companhias, é necessário RG, nos casos de voos para América do sul e voos domestivos (pelo Brasil), também é permitido embarcar com CNH e carteira CTPS dentro do Brasil, para voos nos demais países o passaporte também é necessário. Além desses documentos, para viajar dentro ou fora do Brasil, também é necessário apresentação do bilhete aéreo que conste códico do localizador.

O RG precisa estar legível e atualizado, de forma que identifique que é você, não pode RG de quando você era mais novo, cuja aparência não dê para identificar que é você, a validade é de 10 anos. Também não pode viajar com RG rasgado ou tão velha que não dê para identificar os números.

Se vão para países que exigem, passaporte, será necessário passaporte válido para o check-in, se o país que vocês forem, exigirem visto, será necessário apresentar visto no check-in. Se o país exige vacina de febre amarela, o certificado da vacina também será necessário apresentar.

Menores de idade precisam de autorização para voos internacionais, do pai se for viajar só com a mãe ou da mãe se for viajar só com o pai, que nada mais é que uma carta escrita a mão mesmo e autendicada em cartório.

Maiores de 12 anos embarcam com RG, a certidão de nascimento só é aceito para menores de 12 anos.

Para a publicação não ficar extensa, para maiores informações sobre documentação, cliquem AQUI  para serem direcionados ao site ANAC, na página que visa esse assunto.

ATRASO OU CANCELAMENTO DO VOO:

Caso o voo atrase ou seja cancelado, principalmente se for pra manutenção, não se preocupem, pois é por sua própria segurança, e além do mais, os aeroportos sempre tem telões e placas por todo lado, com informações do voo, e ainda tem sempre um balcão de informações ou alguém para te auxiliar.

Leia também: atraso, cancelamento, remarcação e reembolso de passagem aérea.

CHECK – IN:

O check-in nada mais é do que o processo de checagem dos documentos, para certificarem que está tudo certinho.

É importante chegar com 2h de antecedência nos aeroportos tanto para voos nacionais quanto para internacionais segundo a ANAC (agencia nacional de aviação civil), porém as agencias e companhias aéreas sempre orientam chegar 2h para voos nacionais e 3h para internacionais.

Muita gente chega com apenas 1h de antecedência, mas eu não indico isso há ninguém, embora dê certo para alguns, devemos lembrar que imprevistos acontecem, então é melhor prevenir do correr o risco de perder o voo.

No Brasil, a maioria dos aeroportos, as companhias aéreas encerram o check-in com 40 minutos de antecedência, que é quando termina o check-in e começa o embarque. Então o check-in começa com 2h de antecedência e termina 40 minutos antes do embarque. Fiquem atentos a isso!

Caso queiram evitar a fila do check-in, vocês podem optar em fazer o check-in online ou pelos totens que você encontra nos, geralmente ficam próximos aos balcões das companhias aéreas.

O check- in online, fica liberado  em 48h antes da viagem, e terminam geralmente 90 minutos antes (1h e meia).

Fazer o check-in online evita fila economiza tempo e vocês podem fazer com calma, mas lembrem-se que vocês enfrentaram fila para fazer o despache da mala e dependendo do aeroporto, a fila pode ser a mesma. Neste caso, terão que enfrentar fila do check-in da mesma forma ou se forem 2 filas, somente a fila para despachar a bagagem.

Se não for despachar bagagem, aí o check-in online vale mais a pena, mas mesmo assim cheguem com antecedência da mesma forma, eu sempre falo isso para os passageiros da agencia que trabalho, pois a gente não tem como saber se poderá ocorrer imprevistos, além do mais, caso um voo seja cancelado, chegando cedo, vocês terão mais chances de ser realocado no próximo, se houver disponibilidade.

As vantagens do check-in online (antecipado), é que vocês poderão marcar assentos melhores, se for uma conexão apertada, vocês conseguem sentar mais a frente e sair entre os primeiros,se acontecer algum imprevisto como engarrafamento no caminho, vocês terão adiantado a parte do check-in e só terão que entrar na fila pra despachar a bagagem, e se não forem despachar, melhor ainda.

Atenção:

* Não é permitido check-in online para menores de idade, por segurança da própria criança. Imaginem só, se qualquer um puder fazer check-in online de menor de idade? Que perigo! Não é mesmo?

* Pelo mesmo motivo de segurança, mesmo quando a pessoa faz o check-in online, ao chegarem no aeroporto serão conferidos os documentos, para checarem se está tudo certinho.

Para voos internacionais, o check-in começa 3h antes e termina 1h de antecedência ao horário de embarque. Isso porque, para voos internacionais, o check-in e o raio x são mais criteriosos.

Chegando no terminal de embarque, vai ter um telão com nome da companhia, horário de partida e número do voo. E é ali que ficam os balcões de check-in também, então quem não fez o check-in online, irá se direcionar ao balcão correspondente a companhia aérea que você reservou a passagem

Quando concluírem o check-in será emitido o cartão de embarque, que nada mais é, do que o papel impresso e só após o check-in eles entregam esse cartão de embarque.

DESPACHE DE BAGAGEM: 

É feito no check-in, após checagem dos documentos, irão pesar a mala  de vocês e passar na esteira. Nos voos domésticos a mala despachada é de até 23 quilos e internacional dependendo da companhia aérea, até 20 quilos. Já a bagagem de mão são 10 quilos em voos domésticos e internacional 8 quilos, também dependendo da companhia. Confiram sempre nos sites das companhias antes de reservar a passagem.

DETECTOR DE METAL:

O próximo passo é passar no detector de metal, e aí, se vocês estiverem de cinto com fivela de ferro, aço, sei lá, vocês devem tirar e colocar junto com a bolsa e os eletrônicos de vocês na caixa. As vezes, eles pedem para abrir as bolsas para eles verem, mas é assim mesmo, é para nossa própria segurança. Por que, imaginem só um doido viajando armado e depois fazer uma doideira no avião? Não dá pra arriscar né! Se aptar, não se preocupem, apenas irão fazer perguntas como fazem nos bancos, “tem alguma chave na bolsa?” e blá blá blá…

Quando terminarem, não esqueçam de conferir se pegaram tudo, cuidado para não esquecer seus objetos. Recomendo, se forem despachar bagagem, tirem foto dos pertences com ela aberta no aeroporto. Caso algum objeto seja furtado, isso ajudará.

Após passarem pelo raio X, fiquem aguardando próximo ao portão de embarque e atentos ao letão, onde terá novamente o número do voo, nome da companhia, horário, destino e o número do gate (portão). Ali, vai ter alguém novamente pra conferir o bilhete e documentos de vocês, mas se chegarem com antecedência, podem aguardar ali, e fiquem atentos aos telões, pois podem mudar o número do portão.

EMBARQUE:

Após o check-in e raio X, procurem o terminal de embarque. Os aeroportos, geralmente tem mais de um terminal de embarque e desembarque, por exemplo; terminal 1 e terminal 2, etc.

No bilhete de vocês, diz o terminal que irá embarcar e desembarcar, e nada mais é, do que a “sala de espera” do aeroporto, tanto para quem vai embarcar, quando para aqueles que aguardam quem vai desembarcar, então lembrem-se de avisar a pessoa que vai esperar vocês no destino final, qual o terminal do seu desembarque.

A partir da porta de embarque, não passa mais ninguém que não seja passageiro a embarcar, então, ali é a hora de se despedir, caso estejam acompanhados.

Quando for a hora de embarcar, vocês irão ouvir o voo ser anunciado, e terão que se  direcionarem para o gate (portão de embarque). Lembrem-se, lactantes, gestantes e idosos tem prioridades na fila, e além deles, para algumas companhias aéreas, os afiliados de seus programas também tem embarque prioritário. E adivinhem só? Na fila, irão verificar seus documentos novamente, rsrsrsrs.

 CHEGANDO NO AVIÃO:

Ao entrar, verifiquem o assento de vocês. Os assentos são organizados no vertical e horizontal. Na vertical, é onde tem os números; 1, 2, 3 ,4… E na horizontal, as letras; A, B, C… e o assento de vocês, podem ser 29 A, por exemplo. A partir dali, sigam as instruções do voo, e curtam a viagem.

DESEMBARQUE:

Ao chegarem no destino, antes mesmo de saírem do avião, vejam se não esqueceram nada e sigam os demais passageiros em direção a placa de saída. Peguem a mala na esteira, caso tenham despachado.

Se o voo for internacional, será necessário passar pela imigração e só depois pegar as malas. Caso vejam alguma irregularidade em suas malas, é necessário reclamar ali na hora… não adiante fazer isso quando chegarem em casa.

Para encontrarem a esteira onde vocês irão pegar as malas, basta olhar nos telões, o voo que vocês vieram, horário e número da esteira onde irão pegar as malas.

* Em voos com conexão, vocês só pegam a bagagem no destino final.

Enfim, espero ter ajudado, boa viagem!!!

26 jan, 2019

Seguro viagem, tudo que você precisa saber!

Olá viajantes! Hoje irei falar algo muito importante na viagem, que muitas vezes não damos importância, até precisarmos dele, o seguro viagem!

Ninguém viaja pensando que vai acontecer algo ruim, sempre esperamos o melhor da viagem, é claro! E eu sei que as vezes, tem muita gente que pensa “puts! Vou ter que gastar dinheiro com isso? E se nada me acontecer?”, mas imprevistos podem acontecer e precisamos estar preparados, caso aconteça, porque não temos como controlar o que acontece.

O seguro é um gasto a mais na viagem, mas é tão barato, e além do mais, se acontece algum acidente ou alguém passa mal, dependendo do que for, vão gastar muito mais… ainda mais em viagens internacionais, onde desconhecemos, se aquele determinado país tem assistência pública, que geralmente não tem, quanto custa, como funciona o sistema de saúde, etc.

Além disso, em alguns países, o seguro viagem é obrigatório. Nos EUA não é, porém o atendimento médico é caríssimo! Viagem de cruzeiro então, nem se faça, então, a primeira coisa que eu tenho a dizer é, seguro viagem vale a pena, é importante, e é super barato!

Eu já planejava falar sobre o assunto, mas confesso que quem me motivou a abordar sobre isso hoje, foi a Bruna do @brunaesuasviagens uma viajante muito querida que me acompanha no instagram. Ela me perguntou qual melhor seguro viagem, e qual eu indico e pediu pra eu falar um pouco sobre o assunto. Então vamos lá:

O que é seguro viagem, para que serve e qual sua importância?

O seguro viagem é uma assistência temporária que lhe assiste durante um determinado período de sua viagem e não um plano de saúde. Não está relacionado com o seguro da van ou do ônibus que você  vai  fazer a excursões, aquele seguro ali, é do transporte, enquanto você está dentro dele. Também não é o seguro da companhia aérea, enquanto você está dentro do voo, o seguro viagem é dá viagem como um todo.

Suas principais garantias além de atendimento 24h em português, são despesas médicas, hospitalares, odontológicas e farmacêuticas, e ainda cobrem alguns tipos de exames médicos, atendimento de emergência, extravio de bagagem, danos á mala ou gastos derivados ao atraso de bagagem, regresso antecipado ou cancelamentos por motivos de força maior, assistência jurídica, pagamentos de fiança, translado médico, assistência em caso de morte, regresso sanitário, em caso de acidente ou doença grave, onde o viajante tenha que retornar com urgência ao seu país, e suporte ao viajante desde um telefonema urgente até a assistência ao consulado, conforme plano contratado.

Alguns tipos de seguro viagem também cobrem doenças pré existentes, mas lembrando que, para doenças pré existentes, o seguro só irá cobrir emergências. Como já disse, não é um plano de saúde, onde você pode fazer consultas especializadas, e sim uma assistência emergencial durante um determinado período. É uma garantia para que o viajante não fique desamparado, caso ocorra esses imprevistos. E em alguns casos  inclusive, o médico vai até você e presta assistência de onde você estiver sem cobrar taxa extra.

Qual seguro viagem eu indico?

O melhor seguro viagem na minha opinião, é aquele que atende as minhas necessidades e melhor me assiste. O ideal é analisar, o que o seguro viagem cobre e o que não cobre, pois cada viajante, tem uma necessidade diferente durante a viagem, então analisem se irão viajar para praticar esportes radicais, onde o risco de acidente é maior, se está viajando grávida, se vai com criança ou idosos, se já tem alguma doença pré existente que nesses casos são indispensáveis, ou se é apenas uma viagem a turismo porque aí vocês também irão precisar, mas podem contratar um mais básico. E aí, é importante vocês analisarem o seguro que melhor atendem essas necessidades e cobrem esses tipos de assistência.

E respondendo a pergunta da @brunaesuasviagens o melhor seguro na minha opinião e acredito que na opinião da maioria das pessoas é o Seguros Promo do grupo Belvitur, que atua no setor de viagens a mais de 53 anos. Eles trabalham com as mais diversas seguradoras de viagem, como a Travel Ace, Assist Trip, April Brasil, Assist Card, ITA Travel, Itermac, Affinity e a Seguro GTA.

A Seguros Promo oferece diversos opções de assistência de viagem e tem seguros com coberturas diversas; planos para quem vai viajar para EUA, Asía, Europa, pra quem vai fazer intercâmbio, pra quem vai viajar grávida,, praticar esportes radicais, etc. E eu tenho muita honra, em ser parceira  deles. Não fui paga para falar nada disso, como vocês sabem sou agente de turismo e sei o quando o seguro viagem é importante, eu criei o blog por que amo escrever, e poder dar essas dicas, é um grande prazer pra mim, não ganho nenhum real com isso ainda. Ter iniciado essa parceria com a  Seguros Promo, é apenas um detalhe no qual sou muito grata.

Para contratar qualquer tipo de seguro viagem da Seguros Promo, basta clicarem AQUI para serem direcionados, ou no banner na lateral do blog. Usando o código de descontos ROTINATRIP5 vocês ganham 5% de desconto. É super fácil, simulei aqui agora o seguro viagem pra portugal, por exemplo: Portugal, de 16 á 23 de outubro (7 dias) e ficou em 71,62 já com desconto aplicado. *Lembrando que o valor varia de acordo com a cobertura escolhida.

Quais países o seguro viagem é obrigatório?

Bom, aqui na América do Sul nenhum país o seguro viagem é obrigatório, excedo na Venezuala, que fica claro o por quê né? Mas é bom ter um seguro viagem, ainda mais se forem viajar para lugares como Ushuaia, Bariloche, cajon del maipo,  com objetivo de ver a neve. Não estamos acontumados com frio, então não é bom arriscar, além do mais os únicos países da América do sul que tem atendimento médico gratuito á estrangeiros não residentes ao país, é o Brasil, Paraguai e Argentina, o Chile só em caso de risco de morte e nos demais é “te vira querido!”

Nos Estados Unidos como disse, não é obrigatório, porém não existe saúde pública, passou mal lá sem seguro viagem ferrou, por que é tudo muito caro!

Na Europa, a maioria dos países o seguro viagem é obrigatório conforme estabelecido pelo acordo Shengen, que visa garantir que os viajantes possam arcar com suas despesas no país caso haja imprevistos.

Informações importantes para quem contrata seguro viagem: 

Guardem os recibos e notas fiscais de todo medicamento que comprarem na viagem para requerer reembolso conforme plano de cbertura escolhido. Guardem recibos de consultas, exames, laudos médicos, se precisarem.

Não deixem de ser sobre o plano de cobertura do seguro contratado. Lembrem-se de levar o descritivo e número da apólice do seguro anotado ou impresa. Além disso levem com vocês o número da seguradora, caso precisem acionar o seguro ou precisem de suporte. Em caso de viagem internacional, levem o número do consulado brasileiro, se precisarem de suporte. Isso aplica-se a quem vai ou não contratar o seguro viagem. Eu sei que tudo hoje em dia é internet, mas vai que você perca seu celular ou fique sem internet…

Lembrem-se de ler e guardarem a cópia do contrato. Ás vezes tem cobertura que a gente nem sabe que está incluso e que as vezes precisa durante a viagem.

Em caso de danos á mala, reclamem logo no aeroporto, não deixem pra depois. A dica é tirem foto da mala antes de despacha-la.

Não se preocupem com a questão do atendimento, se tiverem em outro país. pois o atendimento é em português.

Espero ter ajudado! Já passou algum perrengue em viagem por não ter comtratado seguro viagem? Me contem ai nos comentário. Beijos!

23 jan, 2019

Como criar roteiro de viagem

Olá viajantes! Eu sou a Joice, agente de viagem, e uma das coisas no meu trabalho é, além de vender, é entender a necessidade do cliente e a partir daí montar roteiros de viagem. Eu auxilio pessoas a otimizarem o tempo, economizem  na viagem, e crio roteiros com boas localizações, passeios e etc, a fim de fazer com que essas pessoas vivam suas melhores experiencias durante a viagem, e na publicação de hoje, irei mostrar como montar roteiros de viagem.

Eu sei o quanto tem gente que não aproveita muito a viagem, por que não pesquisam dia de funcionamento dos lugares onde querem ir e acabam chegando lá e está fechado ou quando retornam da viagem descobrem que deixaram de conhecer um passeio imperdível. Pessoas que não compram ingressos com antecedência e perdem muito tempo da viagem em filas, não pesquisam os lugares que querem ir, horário de funcionamento, onde irão comer, e acabam perdendo tempo procurando e muitas vezes se decepcionam, por que a comida não é boa, etc.

Pensando nisso, resolvi mostrar como vocês podem montar um roteiro pré viagem para facilitar e otimizar o tempo de sua viagem, principalmente se vocês tem poucos dias para curtirem o destino escolhido.

 


O roteiro é muito importante e nos auxilia demais na viagem, principalmente para nos dar uma base de quanto iremos gastar em cada dia, e ainda evita imprevistos, como chegar em um determinado lugar e ele está fechado, já pensou? As vezes demora 1h pra chegar, e aí você perdeu aquelas 1h do seu dia, imagine só… se sua viagem for curta, você terá ainda menos tempo para aproveitar, a cada hora perdida.

Os primeiros passos do planejamento da viagem, eu já mostrei pra vocês no post como planejar uma viagem e também já dei dicas de como juntar dinheiro para viajar e como comprar passagem aérea barata.

O próximo passo é; fazer uma lista dos lugares que vocês querem conhecer e analisar se a quantidade de dias que escolheu, vai dar pra fazer tudo que está na lista. Listem os lugares que desejam conhecer, quanto tempo irão ficar em cada lugar, o tempo de deslocamento de um lugar para o outro.

Se os lugares forem muito distantes um do outro, tipo Fortaleza e Jericoacoara cuja a distancia é de 5h de viagem, tentem se hospedar tantos dias em um e tantos dias em outro de acordo com a quantidade de coisas que o lugar tem pra fazer, por exemplo; numa viagem de 7 dias, acredito que o ideal seria fazer 4 dias em fortaleza que tem mais coisa pra fazer e 3 dias em Jeri.

Vão montando de acordo com as prioridades. Caso vão em um lugar que tenha muita coisa pra fazer e pouco tempo para viajar, destaquem as prioridades e deixem as outras coisas para fazerem e conhecerem nas próximas viagens. Acreditem que sempre terá uma nova oportunidade, não se desesperem e nem se sobrecarreguem, curtam a viagem o máximo que puderem, conheçam cada cantinho com intensidade, o importante não será quantos lugares você conheceu, mas o quando você viveu e imergiu de fato.

Então, se você vem a uma viagem aqui no Rio de Janeiro, por exemplo e tem apenas 3 dias de passeios, você pode destacar os principais pontos turísticos e visita-los por proximidade, então um dia você vai até a Zona portuária e conhece o Museu do Amanhã e o Museu de Arte por exemplo e dali vão a Santa Tereza de bondinho, Escadaria Selarón e terminam curtindo a noite na Lapa que são próximos um do outro. No segundo dia vão ao Cristo, depois no pão de açúcar, praia vermelhor e terminem o dia na mureta da Urca, que é super divertido, com direito á pôr do sol com vista para o Cristo. E no terceiro dia, vão ao  Parque Lage, Jardim botânico, praia de Copacabana e terminam o dia assistindo ao pôr do sol em Ipanema, ou sei lá, só não coloquem coisas demais.

Percebam que entre esses lugares, existem mil e outras coisas para fazer, mas cuidado para não sobrecarregarem o roteiro. Não coloquem coisas demais para fazer no mesmo dia, a dica é, priorizar os principais pontos turísticos. Muito cuidado para não baterem cartão em todos os pontos turísticos, querer zerar tudo e no fim, não aproveitarem nada.

E Cuidado também para não ficarem neuróticos demais com planejamento e a viagem ficar mecânica, tipo, “agora vou ali, mas tenho que ir de pressa por que tal hora vou pra tal lugar”… blá blá blá, por que seria é u ô!

Eu gosto de fazer a tabela do roteiro separando por período, tipo, manhã, tarde e noite e assim não me prendo em horários. Quando você cria tabelas de horários, tipo 10h vou em tal lugar, 11h em tal lugar e 12h tenho que ir no lugar tal você acaba  saindo dos lugares com pressa e não curtindo muito, e ainda corre o risco de se atrasar para o outro lugar. Então tentem fazer tudo por período e tenham bastante coerência na hora de montarem o roteiro.

Lembrem-se que por mais que vocês pesquisem na internet o que o lugar tem pra fazer, o lugar ainda terá muito mais a mostrar do que aquilo que vocês pesquisaram e vocês acabaram descobrindo coisas que não sabiam e informações que não tinham na internet quando vocês pesquisaram, então aproveitem as experiências de cada lugar.

Não esqueçam de levarem uma agenda ou um bloquinho para anotarem números de emergências, como número da hospedagem que vocês contrataram, endereço, e-mail de confirmação impresso, caso aconteça de vocês chegarem lá e tenha dado algum erro na reserva, vocês terão o email de confirmação da reserva do hotel e eles terão que dar um jeito, sem que você seja prejudicado. Anotem também, número e apólice de seguro que vocês contrataram, número do localizador para fazerem check in no aeroporto ou online (no site da companhia), cópia do bilhete aéreo que contenha as informações do voo.

Leia Também: Seguro viagem, tudo que você precisa saber!

Apps que auxiliam no roteiro:

Tem um app do google maps que vocês podem pesquisar a distância de um lugar para outro, quanto tempo leva pra chegar de um lugar para o outro, tipo de transporte que vocês podem utilizar e como chegar até lá, quais linhas de ônibus pegar para chegar em um determinado destino, mostra a estação de metrô mais próxima, se dá para ir a pé de um lugar para  outro. E o legal, é que você pode usar para saber tudo isso e ainda usar o mapa offiline caso esteja sem internet em um determinado lugar.

E tem também, o google my maps, que permite vocês listarem os principais pontos turísticos de um determinado lugar, se é cobrado ingresso de entrada, se tem metrô perto, e ainda dá pra criar roteiros com esse app, listar e marcar os lugares que querem ir, restaurantes que querem comer, ver horários de funcionamento e valores. Dá pra marcar as praias que querem conhecer, os museus, as atrações gratuitas da região.

E por último, indico o app do  tripadvisor, é ótimo pra ver as fotos dos hotéis e lugares de forma mais realista, pois são fotos de outros viajantes. Os hotéis  costumam colocar as melhores fotos na propaganda e quando você vê, não é nada daquilo. Além disso, ele tem as avaliações dos clientes e assim você fica sabendo se o hotel é realmente bom, se é bem localizado, se a comida do restaurante é boa, e informações dos pontos turísticos, etc.

Grupos, blogs e vlogs de viagem:

Assistam dicas no youtube, nos vlogs de viagens, sempre dá para encontrar boas dicas com a galera que já visitou o local. Eu não vou indicar porque sigo tantos, mas em breve farei uma publicação só sobre isso ou uma página aqui no blog com o blogroll com blogueiros e vlogueiros de viagem que sigo.

E por falar em blog, o blog quanto custa viajar é ótimo pra vocês terem uma base de valores dos destinos, mas obvio que isso vai depender da temporada, é mais pra ter uma base mesmo. Já a comunidade  mochileiros.com eu particularmente gosto de ler os relatos das experiências de outros viajantes. E tem o meu blog, é claro! E em breve, irei postar vídeos no meu canal no youtube tambem, só não tive tempo ainda de gravar e  editar, por que dá trabalho viu? Mas vocês já podem se inscreverem no canal e ativarem as notificações clicando AQUI hehehehehe

Agencias de viagens:

Bom, se você chegou até aqui e achou que tudo isso dá muito trabalho, e você é uma daquelas pessoas “sem tempo pra nada” ou que não consegue administrar seu tempo, eu indico as agencias de viagens, os agendes já fazem tudo isso, sem que você se preocupe com nada.

E, é claro que a agencia que indico, é a cvc turismo, não só porque eu trabalho e sou agente de turismo lá, não estou sendo paga pra falar nada disso, que fique claro, mas é exatamente porque conheço como funciona. E quem conhece sabe, que a cvc é a maior e mais conhecida operadora de turismo da América Latina. É uma agencia que já tem credibilidade e confiança no mercado há 47 anos. Eles tem parcerias financeiras com bancos, possibilitando seus clientes formas de pagamento diferenciadas, como; carne em até 10x sem juros ou cartão de crédito em até 10x sem juros e dependendo da promoção até 15x sem juros.

Os agentes são atenciosos e te ajudam com tudo na sua viagem. Não será preciso anotar nada, além do contrato, vocês recebem o voucher (documento de viagem) onde tem tudo impresso; número da prestadora de seguro para vocês entrarem em contato, número da apólice e informações de cobertura do seguro viagem, caso tenha contratado o serviço, tem o localizador do aéreo, número dos voos de ida e volta, endereço e número do hotel, e números da cvc onde você contratou, caso precisem de suporte, etc. Eles fazem tudo isso, não há necessidade de se preocupar com erros na reserva ou voos, porque caso isso aconteça, a própria agencia resolve tudo junto as companhias aéreas.

É isso! Agradeço aos que leram até aqui, boa viagem!

 




 
22 jan, 2019

Como juntar dinheiro para viajar

Sabe aquela viagem dos sonhos que a gente pensa o tempo todo, que não podemos realizar por falta de dinheiro? Pois é, já pararam para pensar que dá pra fazer essa viagem apenas com planejamento financeiro? Se você é uma pessoa desorganizada financeiramente, comece a se organizar, que dá!

Eu não sou uma pessoa muito viajada! E não é por ser pobre ou falta de tempo… faz um tempo que eu comecei a perceber que eu não sabia me planejar da forma correta, não estabelecia prioridades, não administrava bem meu tempo e muito menos meu dinheiro.

Quando nós temos um objetivo, nosso primeiro passo, precisa ser o planejamento! Ter clareza dos objetivos, saber o que é ou não prioridade no momento, e correr atrás para que aconteça (caso isso dependa de nós).

Para o planejamento financeiro da viagem, é necessário saber, que tipo de viagem vocês pretendem fazer, o quanto estão dispostos a renunciar, a estabelecerem prioridades e realizarem esse objetivo. Que não, necessariamente precisa ser viajar, mas qualquer outro objetivo  que vocês queiram. Vocês precisam saber, o quanto irão gastar e consequentemente, quanto terão que juntar. E por isso, separei algumas dicas que irão ajudá-los nisso.

Existe um detalhe, no qual eu considero muito importante antes de começar a planejar uma viagem, que é saber qual seu estilo de viagem. Tem pessoas que viajam e ficam somente em Resort com All inclusive, e elas  tem dinheiro pra isso! O interesse da maioria delas, é conhecer o lugar de hospedagem e desfrutarem de tudo que está incluso, e muitas nem saem lá de dentro.

Por outro lado, outras que ficam em airbnb, que é ótimo se vocês viajam com a família ou grupo, outras que ficam em hotel, pousada, e ainda, outras que preferem economizar ficando em quarto compartilhado de hostel, super de boa, e ainda fazem amizade.

Tem pesseoas que fazem viagens gastronômicas e gastam a maior parte do dinheiro com comida, visitam vários restaurantes diferentes, outras que só querem ir a museus e feiras, outros que só querem praia, tem os que só fazem passeios gratuitos, os que só vão aos pontos turísticos mais famosos, os que viajam para conhecer o lugar, e imergirem na cultura local e vão a lugares que a maioria não vão. Tem pessoas que fazem mochilão, pedem carona, outros que já não curtem se aventurar tanto, e tudo bem com isso, cada viajante tem um perfil. E embora cada um tenha seu estilo de viajar, todos querem economizar para viajar cada vez mais e todos trazem consigo experiências únicas que valem cada centavo. Viajar é realmente um grande investimento, e como dizem por aí. “Viajar é a única coisa que você compra e te faz mais rico”.

Leia Também: Como planejar uma viagem.

Mas agora que vocês já sabem que precisam saber o estilo da viagem  que querem fazer e como planejar uma viagem, vou dar algumas dicas, sobre como juntar dinheiro para viajar:

1. Organização financeira;

Não gastem mais do que ganham, não comprem coisas desnecessárias. Evitem cartões de crédito, a menos que tenham controle de uso, mas evitem pagamentos que entram juros. Procurem pagar á vista, pagando a vista geralmente dá pra conseguir descontos. A não ser que, seu cartão de créditos seja um daqueles que dê pra juntar milhas, que aí você pode utilizar pra fazer suas compras, desde que vocês não ultrapassem o limite de 30%  de sua renda, por que vocês não sabem o dia de amanhã, então usem com consciencia.

Paguem os boletos na data certa, para evitarem juros. Se vocês tem dívidas no seu nome, procurem quitar para que a vida financeira de vocês sejam organizadas. Parace óbvio para uns e bobeira para outros, mas isso conta muito! Principalmente por que tudo hoje é pontuado no SCORE.

Estamos vivendo um cenário de dívidas muito grande no país, e eu me arrisco em dizer, que isso não se deve somente á crise, ou desemprego, mas principalmente pela falta de planejamento financeiro, e pelo descontrole financeiro, que nossa cultura tem de gastar mais do que ganha, sair passando o cartão de créditos, não se planejam e a maioria não guardam dinheiro.

O primeiro passo antes juntarem e investirem o dinheiro de vocês, é começarem organizando suas finanças, como quitar dívidas em atraso. E pra isso, basta vocês irem até o credor e negociarem suas contas, muitas vezes vocês conseguem até quitar por um valor mais barato. E existe o feirão limpa nome do Serasa, que acontece todos os anos.

E já que estamos falando de organização, a segunda dica é…

2. Tenham um Planner;

Tenham um planner com planejamento financeiro, ou uma agenda pra anotar mesmo. Onde vocês possam anotar os custos fixos e variáveis, quanto você recebeu no mês e quanto gastou, rendas extras e metas financeiras. Isso é ótimo para que vocês possam ter mais controle financeiro e se planejarem melhor. Eu sempre anoto as datas de cada coisa que tenho que pagar, tipo luz, internet, etc, assim nunca esqueço de pagar na data certa.

3. Abram uma poupança e juntem dinheiro todo mês;

Não vou entrar no mérito de rendimentos, porque a poupança não rende muito, mas a poupança será importante pra vocês juntarem um dinheirinho todo o mês. Eu sei que muitos tem filhos, família e não dá pra juntar muito dinheiro, por outro lado tem pessoas que não tem ninguém que dependa de sua renda salarial e não pagam aluguel, e em ambos os casos, vale a pena, cada um de vocês analisarem suas despesas pessoais, com o quanto ganham, e estabelecerem uma porcentagem de acordo com o que vocês podem pra juntar na poupança todo mês. E não venham com desculpa que não sobra, por que eu também já pensei assim, mas não se trata de quando vocês ganham e quantas despesas vocês tenham que pagar, mas como administram seu dinheiro. Não importam se só dá pra juntar 10% ou 50% o importante, é vocês juntarem, nem que seja buscando soluções extras.

4. Renda extra;

Uma excelente dica para quem quer uma renda extra, é vender tudo que não utilizam mais, roupas, calçados, acessórios, equipamentos eletrônicos… desde que estejam em bom estado para venda, obviamente! E aí, uma ótima ideia, é vocês criarem um brecho, na garagem da casa de vocês, caso tenham, que alias é muito comum nos Estados Unidos, que é considerado país de primeiro mundo. E vocês podem criar um brechó online também, ou divulgar no  Facebook marketplace , que é ótimo para vendas online.

Vocês só precisam ter bom senso e saber o valor das coisas, por que tem gente que quer vender o preço da loja, por isso não vendem, por que se for pra pagarem o preço da loja, a pessoa vai na loja e compra né!

Outra dica, é vocês venderem o que sabem fazer, como por exemplo; brigadeiro, trufas, bolo, água, picolé, etc. Eu já vendi trufas, bolo de pote, Brownie e não tenho vergonha em dizer não, aprendi muito com isso até.

5. Hábitos de consumo;

Uma coisa que eu fazia que dava certo, era levar marmita para o trabalho, daí como eu recebia o ticket em dinheiro, eu guardava. Se vocês tem prioridades façam algumas substituições e renuncias como, levar marmita e lanches de casa para o trabalho ou  faculdade. Assim, além de economizarem, vocês irão comer de forma mais saudável.

Eu tenho costume de fazer minhas unhas, cabelo e maquiagem tudo em casa, não gasto dinheiro em salão, única vez que fui no salão foi quando casei e fui madrinha de casamento. Se vocês sabem fazer, façam, se não sabem aprendam, ou pelo menos, vão quando necessario. Tudo é questão de prioridades!

Eu costumo cortar gastos como ir ao cinema, jantar fora, preciso fazer tudo em casa, só vou em datas especiais rs. Balado não curto, mas se vocês curtem, tudo bem, mas tentem reduzir essas idas pra guardar dinheiro.

Eu tenho o hábito de praticar exercícios em casa, e fazer corrida e caminhada na praça aqui perto de casa, ao invés de gastarem com academia regularmente, mas essa é a minha prioridade. Meu marido por exemplo, faz Crossfit todos os dias, pois a prioridade dele é emagrecer, por que ele estava acima do peso… então ele foi na nutricionista e iniciou crossfit, mas cada um com sua prioridade, entenderam? Não precisa seguirem tudo que to falando, se conheçam e entendem o que é importante ou não pra você! Pra ele isso era de fato importante no momento, até por saúde, e para mim também, mas meu caso, não precisei buscar esse tipo de ajuda profissional, que é importante, fui apenas na nutri, afinal, eu também pratico exercícios por saúde.

Não deixem de buscar ajuda profissional, porque isso é importante! Meu objetivo, não é a desvalorização do profissional, mas auxiliar vocês a fazerem substituições como forma de economia, desde que, essas substituições sejam inteligentes e pensadas. Cada caso é um caso, isso vai depender de pessoa pra pessoa e prioridades, se você pode substituir outras coisas, por que ir a academia é prioridade pra você, vá!

Enfim… cortem gastos desnecessários, como balada toda semana, lanchar fora todo dia, comprar roupas que vocês não precisam e pensem muito bem antes de comprarem qualquer coisa por impulso.

Por hoje é isso, espero que ajude vocês! Se gostaram comentem ai pra eu saber, deixem as dicas de vocês, e se puderem compartilhem com seus amigos.

Leia também: como comprar passagem aérea barata. 

16 jan, 2019

Como planejar uma viagem

Planejar uma viagem não é tão fácil quanto parece, mas não se preocupem, sou agente de viagem e irei auxilia-los para que vocês possam planejar a próxima viagem de vocês.

Antes de tudo, é importante saber, que existem vários detalhes a observar que ajudam a otimizar o tempo durante a viagem e a torna-la ainda melhor e mais econômica, como: a flexibilidade, os recursos que vocês tem e quais são seus interesses.

Tudo isso é importante e irá influenciar na hora do planejamento da sua viagem.

shutterstock

Quando planejamos uma viagem, é importante saber, quanto tempo teremos disponível pra viajar e quando serão nossas férias. Caso vocês não tenham muita flexibilidade, por causa de trabalho, verifiquem na empresa, se é possível o banco de horas, para que vocês utilizem essas horas para fazerem uma viagem de pelo menos 5 dias.

Vejam se é possível vocês escolherem o mês das férias, se pode dividir as férias de 15 em 15 dias ou tirar férias 3x ao ano tipo 10 dias cada, e assim fazer 2 á 3 viagens no ano, cada uma em um destino diferente, ou até tentem lugares diferentes que sejam próximos e dê pra viajar esses 30 dias.

Vejam quando terá feriado prolongado, se bem que, neste caso, indico mais para as pessoas que não tem flexibilidade, porque é mais caro viajar feriado.

Existem viagens para todos os estilos, e vocês precisam saber, que tipo de viagem querem fazer, se vão viajar sozinhos, se vai ser uma viagem em casal, com a família ou com grupo de amigos. Se vão fazer mochilão, se querem economizar, se vão trazer presentes de lá, se vão ficar em quarto compartilhado em hostel ou quarto privado em hotel ou pousada. Se a viagem vai ser de trem, ônibus, avião, carona ou carro.

Se for de carro, pesquisem antes e vejam quanto irão gastar de combustível, com estacionamento, pedágio, etc. Se for de avião, pesquisem primeiro a passagem aérea, que geralmente é o mais caro da viagem.

Leia também: como comprar passagem aérea barata

Vejam quanto vão gastar com comida, se vão comer em restaurantes, se vão comprar no mercado pra economizar. Analisem quanto vocês tem e podem gastar pra essa viagem, para tentarem planejar com base no orçamento de vocês, e depois de analisarem tudo isso, comecem o planejamento…

Destino e passagem aérea:

Depois de analisarem tudo isso, o primeiro passo é, comprar a passagem aérea! Sim! Recomendo! Por que é o mais caro da viagem, e geralmente é o que as pessoas tem mais dificuldade de pesquisar e comprar, e foi pensando nisso, que com a experiencia de fazer isso todos os dias na agencia, criei um guia completo de como comprar passagem aérea barata, e ainda falei sobre cuidados na hora de comprar passagens aéreas.

Eu indico escolher o destino quando for pesquisar o preço da passagem aérea, tentem ver quais lugares estão com melhores preços.

Eu vejo muitas pessoas deixando de viajar por que muitas vezes escolhem o destino e a hospedagem só por que alguém indicou ou porque todo mundo está indo pra lá, e pode ser que aquele destino não caiba no seu orçamento ainda. Então, quando forem escolher o destino, escolham o que cabe no seu orçamento.

Entendam que, cada pessoa tem um estilo de viagem, e isso é importante observar na hora de escolher.

Vejam se neste destino é alta ou baixa temporada, se vai fazer frio ou calor, chuva, sol, e assim saberão quais roupas precisaram levar na data escolhida.

Documentação:

Após escolherem o destino, vocês já saberão quais documentos serão necessários para a viagem. E dependendo do destino será necessário o passaporte, o visto e até mesmo o certificado de febre amarela ou somente RG, que neste caso, vou logo avisando que, seu documento precisa está em bom estado e sua foto precisa ser atualizada, ou seja, não pode estar rasgado ou a foto ser tão antiga a ponto de não parecer que é você. E isso é muito sério, porque, o que tem de pessoas que são barradas no embarque por causa do RG…

Não esqueçam de tirar xerox ou printar as reservas do hotel, passeios e etc. Caso vocês comprem em agencia, a maioria entrega um voucher já com as informações das reservas.

Hospedagem:

Exitem várias coisas importantes para levar em consideração na hora de reservar a hospedagem, e a primeira delas, certamente é a localização. Eu sempre falo isso com os clientes onde trabalho, as vezes tem o hotel mais barato no lugar tal, mas em compensação a localidade é ruim, longe de tudo, e aí vocês acabam perdendo tempo, e gastando ainda mais com transporte. E dependendo da distancia, o transfer, uber, táxi ou sei lá o que, vai dar muito mais caro. Não vai ter muitas opções de restaurantes, talvez não tenha mercado próximo, banco 24h, etc.

É importante pesquisar o custo beneficio também.Se a hospedagem é bem localizada, se fica próximo ao metrô, se inclui café da manhã, se tem wifi, se o quarto tem frigobar. Pesquisem as avaliações de quem já se hospedou por lá, vejam a reputação de onde vocês irão se hospedar no tripadvisor e aproveitem para me seguirem por lá.

Uma outra dica, é vocês cozinharem a própria comida caso fiquem em hostel ou hotel que forneçam esse tipo de serviço, além disso, alguns lugares tem mercado próximo, então além de poderem cozinhar a própria comida, vocês podem optar em comprar alguma coisa pronta e usarem o frigobar.

Quando vocês forem reservar hospedagem, indico o booking.com, que hoje em dia, é considerado o melhor site para reservas de hotéis. Antes de reservarem, vejam se, o cancelamento é grátis, se não for, vejam qual prazo e qual a taxa se vocês cancelarem, se precisa pagar com antecedência ou só na hora da hospedagem.

Ao final da reserva, caso não estejam fazendo esse procedimento por agencia de viagem, indico vocês enviarem um e-mail para o hotel que vocês reservaram, pedindo confirmação da reserva, só para se prevenirem mesmo. Isso não é necessário, mas já vi casos de pessoas, que reservaram, e chegando lá, foram surpreendido com o bendito erro de sistema, e informados, que não havia reserva em seu nome. Por isso, é bom enviar e depois imprimir a confirmação. E aproveitem para anotarem o endereço, número de contato, para evitar caso ocorra imprevistos e a internet não funcione no local.

Pesquisem o que fazer no destino escolhido, onde ir, onde comer:

Eu gosto muito de usar o tripadvisor para pesquisar o que fazer em um determinado lugar, onde comer, onde se hospedar, ver as avaliações de quem já esteve naquele destino, hospedagem, restaurante, etc. saber se é bem localizado e dentre outras informações que ajudam a otimizar o tempo e evitar descontentamentos, então, nada melhor do que a opinião pública e sincera dos viajantes que já estiveram por lá. Obviamente que eu também filtro muito, por as experiências pessoas de algumas pessoas, as vezes são apenas por que o estilo dela é diferente do meu.

Gosto de pesquisar dicas em blogs de viagem também, acho muito útil, e vocês podem aproveitar para acompanharem o blog, pois sempre vou estar postando dicas por aqui.
Vejam quais os valores dos passeios, transporte e ingresso dos lugares que desejam conhecer.

Pesquisem os valores das comidas e restaurantes, para saberem em média quanto irão gastar.

Transfer, passeios e ingressos:

Comprem ingressos antecipadamente pelo site, isso faz com que vocês não percam tanto tempo em fila, e muitas vezes sai até mais barato.

Reservem o transfer para buscar vocês no aeroporto e levar para o hotel, tem uber também hoje em dia em todo lugar, mas caso queiram evitar correr o risco de ficar sem internet onde estiverem, façam a reserva antecipadamente.

Pesquisem nos sites os valores dos museus, parques, e passeios que queiram ir. Eu gosto de assistir vlogs de canais de viagem, e é uma ótima dica pra você saber mais sobre o destino desejado.

Planejamento traz mais tranquilidade á viagem, vocês terão mais tempo pra se divertirem e menos tempo para se preocuparem. Vejam se tem passeios gratuitos no destino e qual dia e horário funciona.

Seguro viagem:

Eu considero o seguro viagem um dos itens mais importantes da viagem, é obvio que ninguém viaja pensando que alguma coisa vai dar errado, a gente sempre torce e acredita que vai dar certo, mas o planejamento serve pra isso, evitar possíveis imprevistos. Além do mais é tão baratinho, e cobre várias coisas. Irei fazer uma publicação sobre o assunto mais a frente.

Leia também: Seguro viagem, tudo que você precisa saber!

O roteiro e mala de viagem:

Por fim, montem o roteiro da viagem para agilizar e arrumem as malas com pelo menos três dias de antecedência. Isso facilita muito, tira um pouco daquela tensão que a ansiedade deixa antes de viajar e vocês terão mais tempo para descansarem antes da viagem e menas coisas para se preocuparem.

Leia também: Como criar roteiro de viagem

Espero muito que esse planejamento ajudem vocês, boa viagem!

12 jan, 2019

Cuidados na hora de comprar passagens aéreas.

Na publicação anterior criei um guia completo e gratuito de como comprar passagem aérea barata, um conteúdo muito relevante, não deixem de conferir!

No entanto, existem alguns cuidados que são importantes observar antes da emissão dos bilhetes. Por isso, hoje irei falar sobre os cuidados na hora de comprar passagens aéreas:

Aproveitem as promoções:

O preço das passagens aéreas oscilam o tempo todo, nem pensem em deixar pra comprar em cima da hora, por que fica mais caro. As promoções são imprevisíveis, por isso, quando encontrar alguma promoção, aproveitem!

É super importante ter os dados certinho dos passageiros no momento da reserva, nome completo, de preferência o primeiro e ultimo nome, data de nascimento e/ou passaporte, em caso de viagens internacionais cujo o passaporte é obrigatório pra reserva. Além disso, um cartão de créditos com limite para efetuarem a compra dos bilhetes. Assim vocês irão garantir aquela reserva, sem correr o risco de esgotar.

Reserva: 

Antes de finalizarem a reserva, confiram os nomes e sobrenomes dos passageiros, vejam se está correto com atenção, assim como o documento que irão apresentar no check-in, que mesmo que seja online, chegando lá eles fazer uma conferencia de documentos. As companhias aéreas até corrigem gratuitamente pequenos erros de digitação, mas não fazem troca de nome.

Atenção! Se for utilizar nome de casado, o documento a ser apresentado no check-in, também precisa ter o nome de casado, caso ainda não tenha trocado seu documento de casado, não se preocupe, basta reservar com nome de solteiro e embarcar com o documento de solteiro.

Não deixem de conferir também, data e horário do voo, se tem conexão, onde é a conexão e quais horários, já vi muito passageiro perder o voo por ter confundido horário e até mesmo o aeroporto. Além disso, é bom ter esse cuidado, pois você pode reservar pra data errada.

Verifiquem se a franquia de bagagem está inclusa, pois com as novas regras, as companhias vendem com ou sem franquia de bagagem, e cobram por trecho.  Caso vocês precisem realmente despachar bagagem, fazem a reserva já com tarifa de bagagem, a não ser que, vocês encontrem uma promoção cujo a tarifa é sem mala despachada. Daí, depois, é só vocês irem até o site da companhia aérea e contratarem a franquia de bagagem. Aconselho não deixarem em cima da hora, pois também ficar mais caro!

E por falar em promoção… atenção! Geralmente as passagens promocionais são não reembolsáveis, em caso de cancelamento, então prestem atenção se a tarifa é reembolsável,  se permite marcação de assento, se permite antecipação de voo gratuita e remarcação, regra de multa de cancelamento, etc. Essas observações são importantes para evitar descontentamentos.

Leia Também: Como comprar passagem aérea barata.

Muito cuidado na hora de efetuarem a compra com cartão de créditos, certifiquem-se de estarem comprando em um site confiável. Cuidado com anúncios que surgem do nada, sempre limpem os cookies do navegador de vocês, lá nos históricos. Como já disse na publicação anterior, deem preferência em comprar no modo anônimo.

Prazo de arrependimento 24h:

Então, comprou, se arrependeu, não vai mais viajar, ou achou uma outra mais barata, você tem até 24 horas para exercer seu direito de arrependimento, e aí, é só ligar para a companhia aérea, que eles fazem o reembolso do dinheiro pago sem nenhum ônus.

Eu poderia dizer simples assim, mas não é tão simples. É importante saber que, esse direito só se aplica nos casos em que o cancelamento ocorra  no prazo de 24 horas, contando a partir da emissão dos bilhetes e recebimento do comprovante, e refere-se as compras feitas com antecedência de 7 ou mais dias da data de embarque.

Marcação de assento:

Com as novas regras, não é mais permitido marcação de assento gratuito quando vocês compram a passagem aérea, nem mesmo se comprar por agencia, a menos que vocês paguem pelo serviço.

O serviço de marcação de assento, só é gratuito 72h antes da viagem. E atenção, marca-se 72h antes da viagem de ida e 72h pra viagem de volta, e para isso é necessário o código do localizador aéreo, nome e sobrenome conforme a reserva. Se vocês não tiverem habituados a isso, não se preocupem, vocês poderão marcar gratuitamente direto lá no aeroporto no momento de embarque/ check-in.

Espero poder ter ajudado! Me digam nos comentários o que vocês estão achando das dicas. Se faltou alguma acrescente ai nos comentários para ajudar a galera. Vamos trocar nossas experiências! Vou amar ler os comentários de vocês.

09 jan, 2019

Como comprar passagem aérea barata.

Olá viajantes! Tudo bem com vocês? Eu  sou a Joice, fotógrafa e agente de viagem no Rio de Janeiro. Muitas pessoas me perguntam como encontrar passagens aéreas baratas, qual melhor dia, horário e mês pra viajar, se de madrugada dá pra encontrar realmente passagens mais baratas, quais sites são seguros pra comprar, quanto tempo de antecedência comprar, e etc.
 
Por ser agente de viagem, estou em contato diariamente com as companhias aéreas, e passo boa parte tempo, monitorando o preço das passagens. E por ter criado essa experiência, resolvi compartilhar um guia completo e gratuito de como comprar passagem aérea barata.   
 
 
 
 
Onde e como buscar  melhores preços de passagens aéreas?

 

Sites de busca:

Se realmente querem comprar passagens aéreas barata, a primeira dica é, pesquisem com calma  e comparem os preços nos sites de busca. Os mais indicados são; Skyscanner, Passagens ImperdíveisMelhores Destinos, Max Milhas, CVCZupper, Momomdo, viajanet, Submarino viagem e Google Voos. O Skyscanner, por exemplo, permite pesquisar por melhor época, mês, dia, e horários mais baratos para viajar, é o meu predileto!  
 
Vocês também podem buscar comparar preços nos sites das próprias companhias aéreas, as vezes eles fazem promoções somente pra quem compra direto do site. As vezes eles fazem promoções pra lugares específicos, geralmente com data definida, por que as vezes sobram assentos vazios, que não foram vendidos, e aí, eles lançam essas promoções para não voarem com assento vazio, mas essas promoções de ultima hora, são raras, o ideal é comprar com antecedência. E, é interessante também, buscar comparar  preços, nos sites dos aeroportos da sua cidade.
 
Flexibilidade:
 
Se vocês tem flexibilidade de data, destino e horário ou se o trabalho de vocês permitem isso,  aproveitem! Pesquisem primeiro pela data que vai ficar mais barata e pelo destino mais barato e depois solicite ás férias. 
 
 
Pesquisem se o destino que vocês querem ir está em alta ou baixa temporada, as vezes, pode estar rolando evento na cidade, e isso torna esse destino mais caro, tipo João Pessoa e Campina Grande em junho por causa das festas de São João, a Oktoberfest em Blumenau em outubro, etc.
 
As vezes você quer ir pra Fernando de Noronha, mas Jericoacoara está mais barato, que também é maravilhoso, daí vocês podem ir pra Jeri, fazer uma boa economia e deixar Fernando de Noronha pra uma outra ocasião. O que não pode, é deixar de viajar porque não tem dinheiro suficiente. 
 
Leia também: como juntar dinheiro pra viajar
 
Pesquisem por voos saindo de São Paulo, ás vezes sai mais barato que no seu estado de origem, geralmente São Paulo tem as passagens mais baratas do Brasil, mas não deixem de conferir se o deslocamento até lá vale a pena. E Sempre que pesquisarem, coloquem a opção todos os aeroportos, porque ás vezes tem diferença de  preço de um para outro. 
 
Tente ser flexível em optar por voos com conexão, é cansativo, mas se você quer economizar, é mais barato! E você pode ir dormindo até lá HAHAHA. Só não deixem de observar a diferença, por que, tem conexões muito longas, em que os preços comparado ao desgaste que vocês vão ter, e gastos nos aeroportos, que é tudo mais caro, talvez não seja tão grande assim em relação ao preço do voo direto. Cuidado também, para não ficarem paranoicos com economizar demais e o barato acabar saindo caro. 

 
Se vocês não tem necessidade de levar muita coisa na viagem, vá com bagagem de mão, e evitem gastar com despache de mala. É permitido viajar somente com bagagem de mão sem custos a mais por isso, desde que você não ultrapasse o limite permitido.
 

Comprem com antecedência: 

 
Não deixem para comprar em cima da hora, quando mais perto, mas caro fica. Eu vejo muitas pessoas que deixem pra comprar em cima, na esperança de encontrar promoções, elas podem até surgir, mas é imprevisível, não contem com isso, os preços sobem absurdamente quando você deixa pra comprar em cima da hora.

 
O ideal, é comprar pelo menos 30 a 40 dias antes para viagens nacionais de baixa temporada e 3 a 4 meses na alta temporada. Já para as viagens internacionais, o ideal é comprar com antecedência de 60 dias na baixa temporada e 4 a 6 meses antes na alta temporada. 

 
Por outro lado, comprar com antecedência demais, tipo um ano antes, poderá encarecer o valor, por conta da demanda de procura e oferta da concorrência.
 
 
Nem sempre as companhias aéreas lançam tarifas acima de 8 meses antes, justamente por que a demanda é menor, as pessoas começam pesquisar em cima da hora, e por isso fica mais cara.
 
Algumas companhias quando lançam tarifas com muita antecedência, por não terem muita concorrência, acabam colocando os preços lá nas alturas.O ideal é ter um equilíbrio, não comprar em cima da hora, nem acima de 8 meses de antecedência. A menos que, as companhias aéreas, façam promoção pra data que vocês estejam procurando daqui há 1 ano.
 
 
Para vocês entenderem como funcionam, as promoções acontecem geralmente na baixa temporada, quando a demanda de procura é menor e as empresas querem chamar atenção do consumidor a viajar, isso porque, para as empresas, não é jogo liberar promoções na alta temporada, quando a maioria das pessoas querem e podem viajar. Empresários visam lucro, então dificilmente farão promoções onde a demanda é maior.
 

Pesquisem de forma anônima:

Essa é um dica de segurança muito importante! Façam as buscas de
passagens aéreas no modo anônimo do seu navegador.
 
Vocês já repararam, que quando realizamos uma busca de algum serviço ou produto na internet, começam a aparecer propagandas nas nossas redes sociais? Isso acontece, por que os sites geralmente possuem cookies, que é uma marcação que os sites fazem quando pesquisamos algo, o objetivo é, saber as preferências dos usuários sobre um determinado produto ou serviço e chamar atenção do consumidor para vender aquele determinado produto ou serviço.  E no caso das companhias aéreas, quando você clica de novo, aparecem valores mais altos, porque eles sabem que você está interessado. E por isso, a dica é, limpem a lista de cookies do navegador (em limpar histórico) e pesquisem de modo anônimo, além de ser mais seguro, vocês evitam que esse tipo de coisa aconteça.

 
 

Usem milhas aéreas:

Existem alguns programas de fidelidade onde você pode se cadastrar para acumular milhas e trocar por descontos de passagens aéreas. Inclusive, algumas companhias oferecem cartão de crédito próprio, onde você pode juntar milhas toda vez que utilizar. E existem sites, onde vocês podem comprar passagens com milhas dos outros, se não tiver, e aí, saí bem mais barato, mas irei falar sobre isso em outra postagem.

 
Qual a melhor época, dia e horário para COMPRAR passagem aérea?

 
Criou-se um mito na internet, de que existe um melhor dia e horário para as companhias aéreas lancem promoções, e como eu disse, trabalho na área e estou em contato o tempo todo com as próprias companhias aéreas. E posso garantir que não existe um dia, nem horário certo para as companhias aéreas lançarem suas promoções. Como disse, que os fatores que determinam os preços, são a demanda da procura por passagens aéreas e a oferta de concorrência. 

 
As atualizações de preços e promoções são publicadas a qualquer horário e em qualquer dia, que a empresa queira lançar, a diferença é que durante a madrugada, entre 00h e 5h da manhã tem um trafego menor de pessoas pesquisando, isso acontece porque a maioria estão dormindo essa hora, daí é menos risco de esgotar rápido. Já durante o dia, são mais pessoas pesquisando o tempo todo, por isso as vezes você vê uma promoção e no minuto seguinte acaba. E foi exatamente por isso, que dei dica de vocês se inscreverem nos sites de busca para receberem alertas de promoções. E fiquem atentos na baixa temporada, uma vez que em alta temporada a procura é maior. 

 
Qual a melhor época, dia e horário VIAJAR?
 
Geralmente ás terças e quartas, durante os horários mais cedo e a madrugada, por que as pessoas costumam viajar final de semana e feriados, exatamente por não terem flexibilidade por conta de trabalho. Muitos viajam no fim da tarde ou á noite, quando saem do trabalho,  outras não trabalham no sábado, daí, viajam na sexta e voltam no domingo, por isso as passagens pra viajar na sexta e domingo são mais caras, por conta da bendita demanda… evitem os esses dias e horários se tiverem flexibilidade, evitem também épocas de natal, ano novo, férias escolares; como junho, julho, dezembro e janeiro, e o período de carnaval, que é quando a maioria das pessoas viajam, a não ser que você não tenha essa flexibilidade.
 
Quando encontrarem bons preços de passagens, tenham anotado, data de nascimento dos passageiros que vão com você, nome completo ou passaporte em casos de viagens internacionais, nos países onde o mesmo é obrigatório para a reserva, e cartão de créditos com limite disponível para que vocês não percam as promoções, pois elas acabam muito rápido.
 
Pra finalizar… achou uma promoção boa, comprem logo, porque elas somem num piscar de olhos. E não se preocupem se vocês se arrependerem ou desistirem de viajar, pois o direito de arrependimento do consumidor, é previsto no art. 49 do CDC, isso porque eles sabem exatamente, que nós consumidores muitas vezes, compramos por impulso. Inclusive a ANAC, já criou uma resolução para a proteção desse direito.
 
Aproveitem e se inscrevam nos sites de busca que indiquei acima, eles fazem monitoramento de passagem, as famosas Newsletters. Sigam o blog Rotina Trip também, para receberem dicas de viagem. Os seguidores mais ativos e  engajados, que comentarem as publicações com coerência ao texto irão ganhar 10% de desconto para TOUR FOTOGRÁFICOS usando o cód ROTINATRIPBLOG.